TikTok leva recursos de segurança para adolescentes a mais países
24/02/2022 14:02 em Segurança

TikTok anunciou nessa quarta-feira (23) a chegada de novas medidas de segurança à plataforma, em vários países, com o objetivo de proteger os usuários adolescentes de desafios e boatos potencialmente prejudiciais. Alguns desses recursos já haviam chegado aos Estados Unidos e a outros mercados no início de fevereiro.

Com a implementação das ferramentas, usuários do app de vídeos que efetuarem pesquisas de conteúdos sinalizados como boato ou desafio serão direcionados a um novo guia. Nesta seção, a rede social os incentivará a seguir um processo de quatro etapas antes de se envolver com tais tipos de postagens.

Esse processo, que pode ser encontrado em uma sessão na Central de Segurança da plataforma, envolve as fases “pare”, “pense”, “decida” e “aja”, que devem ser levadas em conta antes do acesso aos conteúdos considerados prejudiciais. Já as postagens que violam as políticas da comunidade continuarão sendo bloqueadas, de acordo com a empresa.

O processo de quatro etapas será sugerido aos usuários que pesquisarem desafios no TikTok.

Fonte:  TikTok/Divulgação 

 

Para reforçar a importância da medida de segurança, o TikTok disponibilizou vídeos feitos por vários criadores, nos quais eles pedem às pessoas que sigam o método ao se envolver com um desafio online. Visualizadas mais de 18 milhões de vezes até o momento, essas gravações vão começar a aparecer no feed “Para você” dos menores de 18 anos nas próximas semanas.

 

Denunciar desafios ficará mais fácil

Além dos novos recursos para proteger os usuários mais jovens, o app de vídeos sediado na China fez mudanças na estrutura das Diretrizes da Comunidade. Com as alterações, desafios e atos perigosos compartilhados na plataforma passaram a ser destacados em uma categoria de política dedicada.

De acordo com a companhia, o próximo passo é refletir tais alterações no menu para denunciar vídeos no TikTok, permitindo à comunidade relatar de modo mais fácil a presença de conteúdos que incentivam a participação em desafios online perigosos.

 

 

Via: TecMundo

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

       

           

          

PUBLICIDADE