Empreendedores precisam separar o pessoal do profissional nas redes sociais
03/05/2022 10:44 em Economia e Negócios

Quem nunca se deparou com uma marca nova enquanto rolava a tela do celular nas redes sociais? Nos comentários, já viu o feedback dos consumidores e imediatamente comprou ou contratou o serviço também? Principalmente após o início da pandemia da Covid-19, os aplicativos de relacionamento se tornaram a principal plataforma para muitos empreendedores encontrarem novos clientes e terem ainda mais visibilidade em seus negócios. Um grande cuidado necessário, porém, é separar o que é pessoal do que é profissional, destaca a GoDaddy.

Nada de usar redes sociais próprias como espaço para o trabalho. A ideia é não misturar o dia a dia com o negócio, mantendo os clientes de olho no que o empreendimento tem a oferecer. Afinal, o consumidor quer, antes de contratar ou comprar qualquer coisa, saber se o que ele deseja está no portfólio.

“Usar as redes sociais de forma dedicada significa criar um perfil separado para seu negócio, seja no WhatsApp, Instagram ou outros. Neste perfil, o foco é 100% na divulgação dos serviços ou da empresa em si e deve haver um planejamento de criação e publicação de conteúdo”, ressalta Luiz D’Elboux, CEO da GoDaddy.

O executivo acrescenta ainda a necessidade de definir objetivos para tornar a empresa mais conhecida e vender mais, desenhando estratégias adequadas. Essa construção acontece de maneira gradual e não pode haver aleatoriedades, como acontece nos perfis pessoais nas redes sociais. Também é importante ter um logo, imagem de perfil, tudo para destacar o profissionalismo.

Algo que recebe bastante atenção das sócias Beatriz Lócio e Lilian Holanda, empreendedoras do TÁ MASSA! Empanadas. No ramo alimentício, as duas dão continuidade à marca de empanadas argentinas criada justamente por um argentino que se mudou para o Brasil e fundou o empreendimento, que recebeu o atual nome em 2020.

“Enxergarmos as redes sociais como veículos de transmissão para levar nosso produto até os clientes. Principalmente durante a pandemia, a maioria das pessoas começaram a migrar para a compra online, fazendo das redes sociais a melhor vitrine para o nosso produto”, destacou Beatriz.

Empanada. Créditos: Tá Massa/Divulgação

 

A empreendedora enxerga que, separando o profissional do pessoal, consegue direcionar melhor o público que deseja atingir. Assim é possível ainda focar em diferentes estratégias de alcance. Afinal, foi através das redes sociais que a maioria dos clientes chegaram ao TÁ MASSA!, que além dos perfis em sites de relacionamento usa também plataformas dedicadas ao setor.

Mas, é preciso ir além ao empreender. Uma boa ideia é ter também um site próprio, para oferecer ainda mais do produto aos clientes. E, com o criador de sites da GoDaddy, empreendedores podem aproveitar para exibir o feed de redes sociais, como Instagram ou Facebook. O serviço oferece também a possibilidade de dar uma cara mais profissional a esses perfis.

“O site sempre mostra as novidades postadas nas redes. Além disso, a ferramenta do criador de site também tem um recurso chamado Studio, que permite criar posts com imagens profissionais de banco e elementos gráficos, e fazer a postagem em diversas plataformas de forma simultânea, economizando tempo”, completou D’Elboux.

Um exemplo dessa expansão das redes sociais à página própria é a confeitaria Ateliê Clara Azevedo. O que começou apenas nas redes sociais, agora é também um site criado com a GoDaddy, oferecendo cardápio e também um aconchego ao consumidor, contando a história do empreendimento e dando cara à equipe.

Ao usar o criador de sites, o empreendimento pode também oferecer um contato rápido entre cliente e loja, seja para a contratação do serviço e até sanar dúvidas antes do consumo. A GoDaddy ainda possibilita o upgrade para uma loja online, assim que o empreendedor estiver pronto para iniciar as vendas, ampliando ainda mais o alcance que começou nas redes sociais.

 

 

Via: Olhar Digital

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

       

           

          

PUBLICIDADE